Séculos XII A XIV

Após a Reconquista de Lisboa e arredores, em 1147, D. Afonso Henriques fez  várias doações de terras às Ordens Religiosas e Militares, assim com a elementos da nobreza.

O território que hoje integra a freguesia do Beato existia já nos inícios do séc. XIII, sendo na altura constituído por domínios nobres e eclesiásticos, constituídos, na maioria, por vinhas, olivais e almoínhas. D. Afonso III terá mandado construir um paço em Xabregas, o Paço Real de Xabregas, onde atualmente fica o edifício do Convento de Xabregas (Instituto de Emprego e Teatro Ibérico).

Vagas referências ao Paço Real de Xabregas, mencionam uma torre e um laranjal que D. Dinis doou, em 1317, a seu neto João Afonso. Ao certo, sabe-se que, em 1373, os paços de Xabregas foram incendiados por invasores castelhanos e ficaram em ruínas até meados do século XV.