Séculos XV e XVI

Em 1455, a rainha D. Isabel deixou  em testamento oito mil coroas de ouro para a oba do convento que ficaria a ser designado por Convento de S. Bento de Xabregas.

No séc. XVI, Xabregas era um lugar dos mais aprazíveis do Termo de Lisboa, com as suas hortas e pomares e também uma praia. Era nesta praia que se realizavam torneios de cavalaria, touradas e os tradicionais jogos de canas.

Em 1570, frei António da Conceição veio de Évora para o Convento de S. Bento de Xabregas, onde se destacou na ajuda aos pobres e nas obras de renovação do convento. Ao falecer, em 1602, tinha ganho a fama de santidade e o povo chamava-lhe o Beato António, depois mais tarde Beato, nome que hoje denomina a freguesia.